Search

Cansaço. Transformacão. Descoberta. Propósito.



Mulher, mãe, saboeira, diretora de arte. Uma vida dedicada às artes gráficas e audiovisuais, no Brasil e na Inglaterra. Caminho que sempre me preencheu e me definiu muito como pessoa.


Há dois anos, eu estava trabalhando com o que eu gostava no estúdio que eu queria, passava horas no trânsito de São Paulo, pra chegar em casa exausta, o coração palpitando, já quase sem energia, pra tentar e dar a melhor atenção, dedicação e amor que minha filha merecia e precisava. Ela tinha apenas 2 anos. Não, não estava tudo bem. Os prazeres das entregas dos trabalhos, que por duas décadas me moveram, já não compensavam a falta de convívio com a minha filha e comigo mesma, o estresse e o cansaço. Parecia já sem propósito. Eu precisava mudar, desacelerar. Repensar. Ouvir os sinais do corpo e dar atenção ao que meu coração pedia. Mas como?


Março de 2020. Pandemia, lockdown, escolas fechadas, pausa na carreira. Ansiedade, medo,

insegurança e questionamentos. A única certeza era a de que o mundo nunca mais seria o mesmo. Eu nunca mais seria a mesma.


Há 1 ano, decidimos sair da cidade grande. Esse já era um sonho antigo, que até então parecia distante. A pandemia fez esse sonho se tornar palpável e embarcamos nele. Já que estávamos isolados dentro de 4 paredes, que fosse em uma área verde, onde a gente pudesse vivenciar a natureza de perto.


Estudar aromaterapia e cosmetologia natural, fluiu naturalmente, e foi aí que o caminho da saboaria natural milenar se abriu para mim. Me apaixonei pelo processo alquímico perfeito, que transforma óleos vegetais no melhor sabão que você pode usar, pra pele e para o meio-ambiente. Senti que essa era a minha missão. Descobri uma nova forma de me expressar criativamente. Na elaboração de cada barra, há uma intenção, uma combinação de cores, texturas, propriedades e aromas.


É um aprendizado constante, um mergulho num mundo que me encanta. E, assim como no meu trabalho como diretora de arte, em cada criação tem um pouco de mim, do que eu acredito, das minhas descobertas, experiências e do meu respeito e amor por cada elemento da composição.


Por Mariana Delellis, Colaboradora e Parceira do SHG.

11 views0 comments

Recent Posts

See All